Como lidar com a volatilidade do mercado?

Como lidar com a volatilidade do mercado?

Não tenha estratégias engessadas!

Para ser um Trader vencedor e ficar ativo no mercado por longos anos, adapte-se as condições do mercado. Aquela estratégia de hoje, que funciona por N motivos, pode não funcionar amanhã por outros N motivos. Entenda: o mercado é volátil e não se comporta da mesma forma todos os dias.. digamos que ele sofre de bipolaridade.

Mas como fazer isso?

Saber, a maioria daqueles que estudam para ser Trader, até sabem, mas o caminho a percorrer é que é difícil de entender. Não foque em mudar sua estratégia. Não avalie o mercado por meio dos resultados que está obtendo com a sua estratégia. Avalie o mercado e depois implemente a estratégia certa.

Ex: Operação com rompimentos de níveis de preço

Digamos que você, opera rompimentos de níveis de preço, pode ser resistência / suporte baseado em preços ou áreas de intensa negociação. Quando o mercado está em tendência de alta ou baixa, ou como gostamos de falar, com fluxo real persistente, esse tipo de estratégia vai funcionar muito bem. Agora em mercados laterais, com fluxo pontual, não persistente, esse tipo de estratégia não irá funcionar.

Para ser manter consistente por muitos anos é preciso fazer alguns ajustes…

E um deles é acrescentar uma variável de fluxo de ordem no operacional. E você não precisa ser scalper para fazer isso, não precisa mudar a sua tática operacional, mas se conseguir implementar isso, vai conseguir diferenciar estratégia (setup) e leitura de mercado. Muitas pessoas confundem, usam a estratégia para poder ler o mercado e tirar conclusões de sensibilidade de alta ou de baixa pela estratégia e não pela leitura de mercado.

E o que a gente chama de Tape Reading ou Leitura do Fluxo de ordens, é nada mais do que uma leitura de mercado, é a forma com que você olha e lê o mercado. Mesmo que você não mude sua estratégia, pode acrescentar por exemplo uma das leituras de fluxo de ordens que é a leitura da agressão.

E o que é agressão:

Uma agressão é de compra quando o comprador cede e aceita fechar o negócio no preço do vendedor. E agressão de venda é quando o vendedor cede e aceita fechar o negócio no preço do comprador. Quando incorporar a leitura da agressão no seu operacional, por si só já te dará um termômetro extra para sua sensibilidade no mercado.

Por exemplo:

Se você opera rompimento de preços, durante o processo de alta/baixa você não tem uma variável que possa ter dar maior clareza se aquele rompimento vai dar certo ou não. Quando você está olhando a magnitude da agressão, antes do rompimento acontecer, no rompimento e posterior ao rompimento, você consegue ter uma sensibilidade se está entrando stop dos vendidos, se a força está a seu favor, etc…

Independentemente de você usar ou não o Tape Reading para operar como gatilho de compra ou venda, incorporar a variável agressão te ajudará a ter um termômetro para ler o mercado, te mostrando se aquele mercado está com bastante briga, se está com fluxo persistente para um lado, você vai perceber a magnitude acumulada na agressão, se tem fluxo real ou o mercado é vazio.

No mercado existem dois tipos de mudanças:

As mudanças estruturais dinâmicas de mercado e a mudança do dia-a-dia

As mudanças estruturais dinâmicas são aquelas que acontecem não-frequentes. Por exemplo: a entrada dos HTF’s. As mudanças do dia-a-dia são por exemplo um mercado que atuava em tal frequência, agora muda de padrão ou um mercado elástico que se comporta de forma diferente em momentos do mercado.

E claro, você precisa também entender quem são os players, o que estão fazendo no mercado, que tipo de estratégia eles usam, como colocam as ordens, entre outros detalhes.

Fique atento, estude, e treine muito!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *